Menu

Profissionalizante de desenho a mão livre

RTI CURSOS PROFISSIONALIZANTES – 47 3363 2342

CURSO PRESENCIAL – VAGAS LIMITADAS !

Qual a importância de aprender a desenhar?

Muita gente se pergunta: Qual a importância de aprender a desenhar?
Como resposta a esta pergunta, eu digo que aprender a desenhar é, sem dúvida, uma atividade prazerosa e relaxante, contribui para o aumento da autoestima, que melhora na medida em que o progresso acontece, melhora a habilidade manual e a percepção visual, amplia o conhecimento sobre artes, entre outros benefícios.

Além disso, o desenho pode ser também aplicado como atividade profissional, pois existem hoje cerca de trinta profissões ligadas, de alguma forma, ao Desenho, notadamente nas áreas de Moda, Arquitetura,tatuagem, Comunicação Visual, Design, Artes Plásticas, Educação Artística, Docência, Cartum, Arte de Rua, Computação Gráfica, entre outros (veja aqui trinta profissões para quem desenha).
Bem, mas aí vem aquele velho tabu que diz que para aprender a desenhar é preciso ter “dom”.

Para esta afirmação, eu costumo esclarecer que isso é um mito, que vem desde o tempo em que predominava o desenho realista, que era a base para as artes visuais, como a Pintura e a Escultura.

Até a invenção da Fotografia, que ocorreu por volta de 1840, o desenho e a pintura eram os meios usados para retratar as épocas. Então, essas representações tinham que ser mais próximas possíveis da realidade. Assim, quem não conseguia desenhar “academicamente perfeito” estava fadado ao fracasso para as artes.

Depois que o processo fotográfico foi criado, o Desenho e a Pintura perderam essa finalidade e muito achavam que a Pintura iria acabar. Mas, pelo contrário; com o Desenho e a Pintura livres desse compromisso, os artistas buscaram novas maneiras de se expressar. Esse processo coincidiu com um Movimento, criado por um grupo de artistas franceses, batizado pejorativamente de “Impressionismo”, no qual os artistas não mais ficavam presos aos padrões acadêmicos e ao interior de seus ateliers e saíam para o campo, buscando captar o momento efêmero da luz. Para isso, pintavam a partir de pinceladas rápidas e soltas, com as cores puras misturadas diretamente na tela. Essa nova modalidade abriu caminho para a Arte Moderna e todos os Movimentos do Século XX. (saiba mais sobre o Impressionismo).

O desenho deixou de ser obrigatoriamente a base da Pintura e seguiu como uma forma independente de expressão, livre daqueles padrões acadêmicos. Isso possibilitou que mais pessoas pudessem se expressar através do Desenho e da Arte, de uma maneira geral.

É claro que o desenho realista (1) – ou mesmo hiper-realista (2) - continua tendo grande importância no processo de aprendizagem e na Arte. E, ainda hoje, para muitas pessoas, aprender a desenhar significa fazer uma representação perfeita da realidade. Mas, isso há muito tempo deixou de ser uma “necessidade”.

O que eu quero dizer, é que o fato de uma pessoa não conseguir ou não querer fazer esse tipo de representação, não desabilita essa pessoa de produzir desenhos criativos e expressivos, ou seja, você pode sim elaborar desenhos – figurativos (3) ou abstratos (4) – usando linhas, formas, volumes, cores e texturas, sem ter que, necessariamente, seguir os padrões realistas.

Portanto, o aprendizado do Desenho depende muito da finalidade e, principalmente, da personalidade do aluno. Ou seja, não adianta “forçar” o aluno a aprender o desenho realista, se suas tendências e personalidade estão mais direcionadas para um desenho mais solto e expressivo.

Por isso, na hora de escolher um curso, é importante saber qual é o nível do seu orientador, com relação a esses aspectos e, principalmente, a cerca do entendimento psicológico, psicomotor, das reais condições e necessidades do aluno. Caso contrário, todo o processo ficará comprometido, desestimulando o aprendiz que, por falta de capacidade de julgamento, se sentirá incapaz.

(1) Desenho Realista – tipo de representação que tenta se aproximar do mundo real.
(2) Desenho Hiper-realista – desenho extremamente realista, que se confunde com a fotografia.
(3) Desenho Figurativo – tipo de desenho que tem elementos reais, mas que apresenta deformações e alterações, visando transmitir mensagens, emoções e um estilo pessoal.
(4) Desenho Abstrato – desenho elaborado com linhas e formas, composto de elementos não reconhecíveis pelo homem.

horários manhã -tarde ou noite - ou somente aos sábados 

material gratuito - professor altamente qualificado - certificado registrado na secretaria de educação 

13 meses de cursos - básico e avançado 

Interessado?

Campos marcados com * são de preenchimento obrigatório.

Assunto: Interesse no curso Profissionalizante de desenho a mão livre

Telefone
+55 3363-2342

+55 3361-7861

+55 3398-3557

+55 47 99903-3965